Um fenômeno de votos em Osasco!

Rogério Lins do (PHS) supera os mais de 10 mil votos e surge como uma nova frente política em Osasco

Em Osasco já deveriam sim, trabalharem os políticos na preparação de um novo nome para uma nova liderança da nossa cidade. Não menosprezando os atuais, entretanto nos relevos de que já fizeram sim muitas coisas no seu devido tempo. Precisa de um nome que possa em breve estado de tempo surgir dentro de um novo quadro político, e que faça brilhar numa nova bandeira de luta sem querer criticar quem no passado já fez sua parte ou faz parte deste novo rumo político. As políticas atuais estão sendo deixadas para trás pelo ritmo do envelhecimento dos líderes osasquenses. Realmente temos um déficit de lideranças. Por outro a nova geração de políticos que surge na Câmara Municipal de Osasco anima e motiva esse novo quadro de políticos para o próximo pleito. Em destaque temos o jovem vereador Rogério Lins do (PHS) que em 2008 ainda pelo (PR) conseguiu 6.525 votos, uma marca impressionante se levarmos em consideração a concorrência e a grande quantidade de candidatos a vereador que a cada ano aumenta significativamente. Na eleição do último domingo, Lins fez valer o seu mandato atual de vereador e conseguiu mais um feito, ampliou ainda mais os seus votos  obtendo a segunda maior votação da história de Osasco com mais 10.142 votos, ficando atrás do experiente Antonio Aparecido Toniolo do (PC do B) que alcançou a maior votação de um vereador na cidade com 10.512 votos.

Diante de uma renovação de 50% no legislativo municipal, ao que tudo indica um novo cenário de lideranças esta surgindo no município. Contudo, vale ressaltar que essa geração tem tudo para fazer mudanças necessárias, isso na área política, social e econômica. Osasco precisa de uma nova visão política, compatível com os desafios inéditos e capazes para o surgimento de novas lideranças. E não será um “político” inventado que assumirá esse papel. Osasco precisa de lideranças a altura desses que estão envelhecendo. Contudo, só existe uma coisa capaz de alavancar as propostas de uma nova geração de políticos: UMA NOVA GERAÇÃO DE IMPRENSA. Entretanto, este assunto fica para outra oportunidade.

Democracia. Uma palavra fácil de falar, fácil de escrever, difícil de exercer. E é no exercício deste princípio básico de cidadania que os novos vereadores terão que administrar indicar bons projetos e fiscalizar o poder Executivo. Observa-se que Rogério Lins foge às regras de um político tradicional, ele representa uma nova corrente no meio de políticos tradicionais, sobretudo nos leva a acreditar numa frente que poderia ser denominada de campo moderno da política de Osasco. O jovem vereador reúne todas as condições para fazer dessa gestão, uma das melhores da recente história de Osasco, uma vez que a anterior foi considerada uma das piores. Osasco não é para amadores. É necessário ter preparo para fazer política. O que se vê é uma enorme ineficiência. A palavra-chave do mundo moderno é eficiência. Eficiência tributária, de logística de infra-estrutura, do próprio governo e do gasto público. O povo precisa urgente de ter uma possível opinião para que de tal modo tenham como encontrar nessa caminhada a razão de buscar nos tempos atuais a ideia de renovação de lideranças. O quadro atual na casa de leis apresenta uma lente progressiva, portanto vai avançar bastante para sentimos que virão novos tempos na nossa política. Não podemos abandonar os experientes políticos, os estadistas, a quem a cidade deve bastante no seu avanço democrático, e incluamos que assentar na sua busca pessoas jovens que tem o brilho político que faz da sua participação condicional ao rumo de um futuro melhor. O Rogério Lins representa essa renovação e um jeito novo de fazer política não só pela quantidade de votos que obteve, mas principalmente por encarar a política como uma maneira de contribuir para o desenvolvimento da nossa querida cidade de Osasco. Uma cidade marcada ainda pelas desigualdades sociais e de pobreza extrema; uma baixa qualidade dos serviços públicos, entre outros problemas relevantes da realidade social osasquense, são fenômenos inaceitáveis. No entanto, embora muito se tenha avançado na sua compreensão, ainda não é possível vislumbrar uma clara concertação de interesses que brote rápida e estruturalmente com as mazelas econômicas e sociais que assolam o cotidiano da nossa sociedade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s