Em busca de parcerias, Rede Social de Osasco promove encontro com secretários da região oeste

IMG_6006Rafael Alves, idealizador da Rede Social de Osasco

Aconteceu na manhã desta quarta-feira, (24/05), na sede da Cioeste (Consócio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo, um encontro com secretários da região oeste de São Paulo. A Rede Social de Osasco é um coletivo que busca unir, fortalecer, organizar o 3º setor na cidade de Osasco com a proposta de levar o projeto também para outras cidades em busca de parcerias e difundir a pratica do coletivismo.

IMG_6005Mauro Sergio, diretor de comunicação da Cioeste e presidente da Amecom Regional

Maurinho como é conhecido na região, acredita que o sucesso do Coletivo osasquense pode ser repetido em outros municípios da região. “Eles trouxeram várias pessoas com experiência que deu certo, a ideia é expandir para outros municípios, é importante a divulgação, a comunicação tem um papel fundamental”, disse Maurinho.

IMG_6017

O encontro foi organizado pelo diretor de comunicação da Cioeste e presidente da Amecom Regional, Mauro Sergio, que conseguiu reunir alguns secretários da região para mostrar a importância de apoiar projetos sociais que visem ajudar pessoas em situação de rua.

IMG_6073

Essa primeira reunião com Secretários Municipais de Assistência Social da Região Oeste teve a intenção de aproximar os gestores no intuito de expandir o projeto para outras cidades e ajudar os municípios em projetos sociais.

Ao todo, são 8 municípios: Osasco, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Barueri, Cotia, Santana do Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. Conforme Rafael Alves, idealizador da Rede Social de Osasco, o projeto social colabora também com soluções de problemas estruturais nos municípios. “Não é uma ONG, não tem um CNPJ, por exemplo. Somos um grupo de pessoas que resolveram fazer o bem pela sociedade e pela nossa cidade. Se toda a sociedade se mobilizar, podemos fazer algo. As pessoas de cada bairro podem identificar os problemas do local, por exemplo, e propor ações para tais problemas”, afirmou Rafael.

IMG_6045Davi Cunha de Oliveira, palestrante –  ABRASSAE – Associação Brasileira da Saúde em Estudo

O primeiro evento da Rede Social de Osasco foi o Mutirão do Bem, realizado em 20/2, na zona norte. A população contou com atendimento público de qualidade em diversos serviços sociais gratuitos como: avaliação de saúde bucal; testes de glicemia e aferição de pressão arterial; atendimentos com psicólogos; atualização de vacinas de hepatite e tétano para adultos; 1ª via de CPF e RG; emissão de carteira profissional; orientação jurídica; esclarecimento de dúvidas sobre aposentadoria e benefícios previdenciários; fotos 3×4 para documentos; orientações previdenciárias sobre o INSS; encaminhamento a programas do Governo; orientações para serviços e benefícios de assistência social; divulgação dos serviços prestados pelo Centro de Referência da Mulher Vítima de Violência (CRMVV) e o Centro de Referência Especializado de Serviço Social (CREAS); assessoria jurídica e acolhimento de denúncias; orientação religiosa, orientação para crianças e adolescentes, área para recreação infantil; área para a prática de esportes, entre outros.

IMG_6005Suzete Souza Franco, Secretaria da Assistência Social de Osasco

Parceira da Rede Social de Osasco, Suzete Souza Franco também prestigiou o encontro e falou da importância de levar o projeto que deu certo em Osasco para outras cidades da região, sobretudo destacou o apoio do terceiro setor nesta empreita do bem. “O Terceiro setor e a sociedade civil colabora com as ações que são de extrema vulnerabilidade social, essa abertura da Cioeste para trabalhar a região, que são assuntos que permeiam todos os municípios, principalmente esse da grande oeste. Hoje nós temos condições de conseguir implementar ações na região que vai beneficiar a todos”, afirmou Suzete grande apoiadora deste projeto em Osasco.

IMG_6052Daniel Takaki, diretor da Nippak

cropped-9imol61

IMG_6068Jotta Ribeiro, presidente do Arte na Lata e fundador do projeto

O grupo Arte na Lata é um Programa que desenvolve um trabalho musical através dos seus instrumentos alternativos a partir das sucatas como: tambores, diversos tipos de latas, colheres, chapas de raios-x, canecas, garrafas PET, tampinhas de garrafas, canos de PVC, Pregos, Garrafas de vidro alem do desenvolvimento com sons do corpo e uma banda formada por um baixo, guitarra, violão, cavaquinho e D.J, que enriquece suas apresentações, realizadas com letras próprias  de Conscientização do meio ambiente, Sexo Seguro, Não ao uso de  entorpecentes  dentre outras. Os ritmos tocados pelo grupo são de origem Especifica da Cultura de nosso País como o samba rap, funk, Drum base, baião, toques de carnaval, dentre outros.

IMG_6005

Jotta Ribeiro, um dos maiores artistas deste país também marcou presença neste importante debate de ideias e futuras parcerias. Criador do projeto social Arte na Lata com mais de treze anos de história e, com reconhecimento internacional, Ribeiro falou do crescimento do terceiro setor e a importância de ajudar projetos sociais. “O terceiro setor está muito forte, com os instrumentos atendemos os bairros menos favorecidos, podemos levar arte, cultura, cidadania, educação, investimento e beneficiando pessoas, disse Jotta que parabenizou a Cioeste pela parceria com os secretários e sobretudo com a Rede Social de Osasco.

EM BREVE REPORTAGEM EM VÍDEO!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s