Prefeitura de Osasco constrói 40 unidades para remover famílias do Morro do Sabão

A Prefeitura de Osasco acelera as obras de 40 unidades habitacionais, que serão destinadas para o programa de intervenção do Morro do Sabão, zona Norte da cidade. As moradias estão sendo erguidas na rua Dr. José Marques de Rezende, 49, e ganharão a primeira laje nessa semana.

MORRO DO SABÃO 2

A obra é fruto de um convênio entre a Prefeitura de Osasco e Ministério das Cidades, através do Programa de Aceleração do Crescimento 1 (PAC1), com recursos do governo federal. Ela estava paralisada, sendo retomada em junho deste ano, com previsão de entrega em janeiro de 2018. Para a intervenção no Morro do Sabão, 1,2 mil famílias foram cadastradas, sendo que 176 famílias já foram reassentadas no próprio perímetro e outras 40 serão beneficiadas com a construção atual.

MORRO DO SABÃO 3

Além do reassentamento das famílias, o projeto ainda prevê obras de saneamento, infraestrutura e urbanismo, regularização fundiária e acompanhamento social. Já foram realizadas 65% das ações previstas para o local.

Morro do Sabão
O Morro do Sabão foi ocupado há mais de 20 anos. Mapeado como um assentamento
precário pela falta de infraestrutura básica (água, luz e esgoto) e irregular, por estar
localizada em área pública, com diferente destinação da habitacional foi em 2006
demarcada como Zona Especial de Interesse Social (ZEIS).

Osasco participa da Campanha Mundial contra a Hepatite

Resultado de imagem para Osasco participará da Campanha Mundial “Hepatite Zero”

Osasco participará da Campanha Mundial “Hepatite Zero” a ser realizada na sexta-feira, 28/7, e no sábado, 29/7, das 9 às 16h, no Calçadão de Osasco, na Rua Antônio Agú, próximo às lojas Pernambucanas, em frente ao Osasco Plaza Shopping. A ação é organizada pelo Rotary Club de Osasco, com apoio da Prefeitura de Osasco.

A ação visa prevenir a doença e, através de campanhas semelhantes, erradicá-la no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, as hepatites virais são um dos maiores problemas mundiais de saúde e matam duas vezes mais do que a AIDS.

Sobre a Doença

A hepatite é uma inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado como cirrose e câncer. Por isso, é importante fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.

Para saber se há a necessidade de realizar exames que detectem as hepatites observe se você já se expôs a algumas dessas situações:

. Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos (vírus A e E);

.Transmissão sanguínea: praticou sexo desprotegido, compartilhou seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam (vírus B,C e D);

.Transmissão sanguínea: da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação (vírus B,C e D).

No caso das hepatites B e C é preciso um intervalo de 60 dias para que os anticorpos sejam detectados no exame de sangue.

A evolução das hepatites varia conforme o tipo de vírus. Os vírus A e E apresentam apenas formas agudas de hepatite (não possuindo potencial para formas crônicas). Isto quer dizer que, após uma hepatite A ou E, o indivíduo pode se recuperar completamente, eliminando o vírus de seu organismo.

Por outro lado, as hepatites causadas pelos vírus B, C e D podem apresentar tanto formas agudas, quanto crônicas de infecção, quando a doença persiste no organismo por mais de seis meses.

Serviço:

Campanha Mundial “Hepatite Zero”

Dias 28 e 29/7

Horário: 9 às 16h

Local: Rua Antônio Agú, Calçadão de Osasco, em frente ao Osasco Plaza Shopping

 

Osasco: reintegração de posse termina de forma pacífica no Conjunto Vitória

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (27/07) uma ação de reintegração de posse de um terreno ocupado por sem-teto na região do Conjunto Vitória em Osasco.

Resultado de imagem para Reintegração de posse em osasco 27/07 padroeira

Por volta das 6h, os sem-teto faziam barricadas de fogo para tentar impedir a entrada do oficial de Justiça e da PM na área ocupada localizada na rua Macedônia. Os bombeiros também foram acionados. Segundo a secretária de habitação 400 sem-teto vivem em barracos construídos no terreno, que pertence à prefeitura da cidade.

reintegra-4

No local, foram construídos ao menos 200 barracos, mas apenas 80 são ocupados pelos sem-teto, de acordo com a Prefeitura. Algumas pessoas retiravam seus móveis e preparavam a mudança. Mas a situação foi controlada e a desocupação aconteceu de forma pacífica. Cerca de 150 PMs participam da ação. A maioria dessas famílias já havia deixado o local nos dias anteriores, quando foram notificadas sobre a ação.
A prefeitura disponibilizou caminhões para fazer a remoção dos pertences dos moradores a locais indicados por eles ou a um depósito no Jardim Piratininga. Eles também serão inscritos na fila de espera.

“Trata-se de uma área urbanizada. A administração pública, desde que tenha o amparo legal, não admitirá novas ocupações em nosso município”, enfatizou o prefeito de Osasco, Rogério Lins.

Depois da desocupação do terreno, as equipes da Prefeitura iniciaram a recuperação da área com a remoção do lixo, restos de madeira para, então, efetuarem o replantio da vegetação e das árvores, destruídas pelos ocupantes.

Confira reportagem em vídeo!

 

Osasco participa da Semana Mundial de Aleitamento Materno

Sob o tema “Trabalhar juntos para o bem comum”, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde, promove, entre os dias 1º e 6 de agosto, a Semana Municipal de Incentivo ao Aleitamento Materno.

Resultado de imagem para Osasco participa da Semana Mundial de Aleitamento Materno

Trata-se de um evento realizado anualmente dentro da programação da Semana Mundial de Amamentação. A Semana Mundial do Aleitamento Materno vem sendo comemorada desde 1992. A cada edição, uma temática relevante é selecionada para servir de mote para as diferentes atividades desenvolvidas no período. A importância do aleitamento materno exclusivo; o apoio ao aleitamento materno; o aleitamento materno para a mulher trabalhadora; e a amamentação no contexto dos objetivos de desenvolvimento sustentável integram a lista de assuntos já abordados. A iniciativa tem como meta reforçar a importância da prática saudável da amamentação e de todos os seus benefícios, principalmente, em favor da mulher e da saúde das crianças. Participe da Semana do Aleitamento Materno no Hospital e Maternidade Amador Aguiar, onde serão realizadas palestras sobre cuidados gerais e amamentação, rodas de conversa e orientações gerais sobre o tema..

Serviço:

Semana Mundial de Aleitamento Materno

Dias: 1º a 6 de agosto/2017

Local: Hospital e Maternidade Amador Aguiar

Horário: 9h às 16h

Fonte: Secom-Osasco

Obra do Albergue Municipal do Jardim Rochdale seguem em ritmo acelerado

A previsão de entrega é início de 2018. A unidade terá capacidade para atender até 100 moradores em situação de rua.

409 (2)

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, vistoriou o andamento do projeto na terça-feira, 25/7, após a inauguração do Albergue Centro I.
A obra faz parte das ações do programa de acolhimento a moradores em situação de rua da Secretaria de Assistência Social (SAS). Além do espaço para pernoite, os moradores receberão atendimento socioassistencial, encaminhamentos para as áreas da saúde e do trabalho, conforme necessidades de cada morador.

409 (6)
Dentre os diferenciais do novo albergue estão as alas separadas entre masculino e feminino, a localização estratégica e os espaços para carrocinhas (utilizadas para coleta de recicláveis) e canil. A Prefeitura desativou o albergue na Avenida Maria Campos após a entrega da nova Unidade no Centro. Assim que o novo albergue do Rochdale estiver pronto, a administração desativará a antiga unidade II, que também se localiza no bairro.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social (SECOM)

Osasco implanta padronização de procedimentos em UPAs e PSs

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde, vai implantar a partir do dia 11 de agosto, a padronização de procedimentos na área de enfermagem nas unidades de urgência e emergência como UPAs e Prontos-Socorros. O POP (Procedimento Operacional Padrão) é um documento que expressa o planejamento do trabalho dentro das unidades, minimizando a ocorrência de erros e falhas, além de garantir que as ações sejam realizadas com maior segurança e qualidade para os pacientes.

O atendimento humanizado e de qualidade é uma meta desta gestão. Na saúde não é
diferente, afirma o prefeito Rogério Lins.
A intenção é implantar procedimentos padronizados também nas unidades de
atendimento básico (DAB), policlínicas, hospitais, Caps e demais unidades de
atendimento da saúde.

Sobre o POP
A implantação do POP atende a portaria interna n° 029/17, publicada em 11/07/2017, que
torna obrigatória a implantação dos Procedimentos Operacionais Padrão de

Enfermagem
(POP) nas unidades de urgência e emergência da Secretaria de Saúde de Osasco em até
30 dias a contar da data de sua publicação.

Secretaria de Comunicação – SECOM
Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP
Telefone: (11) 3652-9456
E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br Site: www.osasco.sp.gov.br

Equipes de Vôlei Adaptado de Osasco são campeãs da 16° edição dos Jogos Adaptados da 3º Idade

As equipes masculina e feminina do Vôlei Adaptado de Osasco consagraram-se campeãs no 16º Jogos Adaptados da Terceira Idade de Santana de Parnaíba (Jatispa). O torneio, que acontece anualmente, permitiu as equipes osasquense mostrarem mais uma vez seus potenciais na modalidade. Para chegar ao título, o sexteto osasquense masculino obteve os seguintes resultados. A primeira vitória foi frente à cidade de Itapecerica da Serra pelo placar de 25 x 15.
 
A segunda foi contra Vargem Grande por 25 x 04. Logo em seguida derrotou Boituva por 25 x 18. A quarta contra Guarulhos pelo apertado placar de 25 x 23 e, na final, venceu Barueri por 25 x 10.
 
Carlão, Artemis, Alfredo, Oscar, Claudinho, Mininel, Edwin, João, Eduardo, Lourival, Akira e Beto foram os atletas que o professor Emerson, técnico das equipes osasquenses, utilizou para levantar o caneco na vizinha Santana de Parnaíba.
 
Já a equipe feminina com seis expressivas vitórias conquistou o título na quarta-feira, 19/7, vencendo pela ordem, Vargem Grande por 25 X 4, Cajamar por 25 X 6, depois derrotou São Paulo por 25 X 10, a quarta vitória foi sobre Jandira por 25 X 16, a quinta contra Guarulhos por 25 X 8 e na final voltou a jogar contra São Paulo e venceu por 25 X16. No feminino, o técnico Emerson contou com as atletas Terezinha, Ivani, Dirce, Mara,
Marcia, Cecilia, Odete, Leonor, Marli e Ivete.
 
Com este resultado a cidade de Osasco está preparada para disputar em agosto, entre os dias 23 e 27/8, os Jogos Regionais dos Idosos (JORI), na cidade litorânea de Praia
Grande.

volei adaptado feminino

Texto: Sueli Actum
Fotos: Emerson/Serel/PMO