Vereador Renato Bonin entrega documento ao governador Alckmin pedindo implantação de AME em Osasco

Na manhã desta quarta-feira, 16, o vereador Renato Bonin (PR), não perdeu tempo e aproveitou a vinda do governador Geraldo Alckmin (PSDB) que veio inaugurar o Terminal do Km 21 e entregou um ofício solicitando a implantação de uma unidade do AME (Ambulatório de Especialidades Médicas) no município.

Confira reportagem em vídeo!

O documento foi assinado pelos vereadores do poder legislativo osasquense e obteve o aval do prefeito Rogério Lins que também acompanhou a entrega do documento. O governador disse que vai apreciar a solicitação, mas antes informou que vai concluir a reforma do Hospital Regional. Confira com exclusividade a solicitação do vereador pelo canal que mais presta serviços no Brasil.

Alckmin e Rogério Lins entregam Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso

Uma das obras mais aguardadas da Região Oeste de São Paulo foi entregue na manhã desta quarta-feira (16/08). Ponto de passagem para 52 linhas de ônibus, 40 metropolitanas e 12 municipais, foi entregue em Osasco, o Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso. A obra por onde vão circular 350 ônibus e transportar 250 mil passageiros por mês, faz parte do Corredor Itapevi-São Paulo e está localizada na Avenida dos Autonomista, 7.130.

emtu osasco km21

O governador Geraldo Alckmin participou da cerimônia de entrega da obra e falou sobre a sua importância. “Estamos avançando para ter o melhor corredor metropolitano Itapevi-Jandira-Carapicuíba-Osasco-São Paulo. Este grande terminal receberá 52 linhas de ônibus, 350 veículos ao todo, integrados ao viário do município e à Linha 8-Diamante, da CPTM. A pessoa com deficiência terá toda a acessibilidade, com quatro escadas rolantes, quatro elevadores e seis plataformas. Foram investidos R$ 29 milhões”, afirmou

Reportagem em vídeo! 

Na mesma ocasião, o governador autorizou a publicação de editais para contratação de obras nos trechos Jandira-Carapicuíba e Carapicuíba-Km 21 do Corredor Itapevi-São Paulo. O Terminal Metropolitano Luiz Bortolosso tem 8 mil m² de área e seis plataformas. Além das 40 linhas de ônibus metropolitanas, o terminal vai receber nove linhas municipais de Carapicuíba e três de Osasco.

Junto com o terminal, foi entregue uma passarela para facilitar o acesso à estação General Miguel Costa, da linha 8-Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A integração tarifária das linhas metropolitanas de ônibus com o trem é feita por meio do cartão BOM, que proporciona um desconto de R$ 1,50 no valor das duas tarifas.

Mais obras
As obras prosseguem no corredor Itapevi-São Paulo, com a previsão de entrega, em junho de 2018, de mais um trecho de 5 quilômetros entre Itapevi e Jandira. Um segundo trecho de 8,8 quilômetros vai ser construído entre Jandira e Carapicuíba. O edital com essa finalidade foi autorizado  pelo governador nesta quarta-feira e vai ser publicado até o final do mês. A obra com previsão de início até o final do ano, inclui o Terminal Carapicuíba, uma estação de transferência e nove estações de embarque e desembarque.

Um terceiro trecho está em construção e vai de Carapicuíba ao Terminal Luiz Bortolosso, com 2,2 km de extensão, duas estações de embarque e um terminal. Já está com 65%  das obras concluídas. O quatro e último trecho das obras é a ligação do Terminal Luiz Bortolosso à Vila Yara, com 7,6 km de extensão, que inclui um terminal de integração na Vila Yara e dez estações de embarque, cujo projeto básico e executivo já está concluído.

Locais servidos pelas linhas metropolitanas que operam no Terminal Luiz Bortolosso: 

  • Capital: Barra Funda, Jardim João 23, Lapa, Metrô Butantã, Pinheiros, Hospital das Clínicas, Rio Pequeno, Rodovia Raposo Tavares km 17,8
  • Osasco: Centro, Jardim Santo Antônio, Jardim Veloso, Terminal Santa Maria, Vila Yara, Vila Yolanda
  • Barueri: Alphaville/Bradesco, Alphaville 2, Jardim do Líbano, Parque Viana, Vale do Sol
  • Carapicuíba: Cohab 1, Cohab 5, Cidade Ariston, Jd. Novo Horizonte, Parque Jandaia, Vila Dirce
  • Cotia: Terminal Metropolitano
  • Itapevi: Centro, Cohab, Cohab/Jd. Paulista, Vila Gioia
  • Jandira: Jd. N. S. de Fátima
  • Santana de Parnaíba: Alphaville 10, Res. Tamboré 3
  • Pirapora Bom Jesus: Jardim Bom Jesus

.

Prefeito faz visita surpresa em unidades de saúde

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhado pelo secretário Gelso de Lima
(Governo), fez uma visita surpresa na manhã de sábado, 12/8, em duas unidades de
saúde pública para conferir de perto as mudanças.

fiscalização 2

É que há duas semanas o Hospital Municipal Antônio Giglio (HMAG) e a UPA Centro
operam sob nova gestão do Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV). Durante este período, algumas novidades já começaram a ser implantadas, como os novos protocolos de atendimento e internações com base em indicadores, bem como serviços de pintura e higienização geral do prédio.

fiscalização 2

Outra mudança foi a retomada das áreas cirúrgica e ortopédica/trauma ao HMAG. A UPA Centro passou a atender somente casos de pequenas e médias urgências e emergências em adultos nas áreas clínica e odontologia.

“Com tudo o que inspecionei, posso dizer, tranquilamente, que saio destas visitas
satisfeito. O ambiente é outro, o atendimento está muito mais rápido e atencioso! Vamos continuar fiscalizando – permanentemente – até que consigamos oferecer uma saúde de qualidade à nossa população”, destacou o prefeito.

A vistoria também foi acompanhada pelo Dr. Ewandro Ruck, coordenador e assessor
médico do ISSRV. O Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV) atua em 16
municípios paulistas, e dentre suas premissas estão o atendimento humanizado,
profissionalismo, responsabilidade social, ética, excelência e qualidade no serviço público de saúde.

fiscalização 2

Secretaria de Comunicação Social
Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP
Telefone: (11) 3652-9456
E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br
Site: http://www.osasco.sp.gov.br

Neste domingo tem a Feira de Trocas de Osasco

No próximo domingo, 13/8, Osasco e cidades vizinhas poderão curtir uma nova experiência de consumo, divertida, democrática e sustentável. Nessa data, a Escola de Artes César Antônio Salvi – situada na Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo nº 360, centro de Osasco – irá sediar a primeira edição do EscambOZ, a Feira de Trocas de Osasco, que traz o consumo colaborativo ao município.

Na feira, todos poderão expor produtos de diversas categorias, quando bem conservados, para escambo com outras pessoas. Serão trocados insumos para artesanato (e também peças prontas), livros, discos, utensílios domésticos, roupas e acessórios, itens de decoração e até serviços. O produtor Rodrigo Marques Foresto, responsável pelo projeto, lembra que “quem participar do EscambOz irá dar nova vida a muitos itens que estão obsoletos em casa e adquirir outros que lhe serão mais úteis”.

Surgidas no Canadá nos anos 1980, essas feiras se baseiam em princípios da economia solidária: a solidariedade e a cooperação ao invés da acumulação; o trabalho e a criatividade ao invés da posse; o conhecimento ao invés da ostentação. O produtor enfatiza o caráter democrático da feira, pois “no EscambOz, o mais importante é a utilidade de algo para quem vai trocar, como por exemplo, uma bijuteria que combine perfeitamente com o vestido de debutante de sua filha ou um disco de vinil que fará seu pai sorrir como uma criança, pode ser mais valioso que um aparelho eletrônico ou uma roupa de grife”.

Fernanda Wilde Villela (30 anos, moradora da Vila Menck) lembra que o escambo é uma prática sustentável e divertida: “É muito importante o consumo colaborativo através das trocas, pois contribuímos para o meio ambiente e fazemos novas amizades”. Ela, que antes mesmo do EscambOz já trocava produtos com pessoas de várias regiões, celebra o fato de que Osasco tenha sua própria feira de trocas, e finaliza afirmando que “além de objetos, também trocamos boas energias”.

A participação no EscambOZ é gratuita. Basta levar seus itens novos ou bem conservados, ocupar um espaço e expor os objetos para trocar. Você anda pela feira, escolhe itens de outras pessoas, as convida para visitar seu espaço e selecionar o que quer em troca. Se estiver bom para as duas partes, é negócio feito.

O projeto, aprovado pelo Edital de Ocupação da Secretaria da Cultura de Osasco, contará nesta edição com a arrecadação de brinquedos a serem doados para crianças carentes (12 de outubro, Dia da Criança, está chegando), sendo uma ótima oportunidade para artistas da cidade propagarem seus trabalhos, trocando suas obras com outros artistas ou por qualquer item da feira. Vale para autores, artistas plásticos, artesãos, e para todo mundo que quiser participar desta louvável iniciativa, que é o consumo colaborativo.

TOCAS

Serviço:

EscambOZ – A Feira de Trocas de Osasco

Data: 13/8, das 14h às 17h30

Local: Escola de Artes César Antônio Salvi

Endereço: Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo, 360 – Centro de Osasco

Ingresso: Gratuito

Indicação: Para toda a família/Livre

Mais informações: (11) 95211- 4468 (Rodrigo Marques Foresto)

 

Prefeitura convida população a participar da revisão do Plano Diretor da cidade

A Prefeitura de Osasco iniciou em junho de 2017 o processo de revisão do Plano Diretor do município, conforme determina a Constituição Federal. Esse processo tem a coordenação das secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag), Habitação e Desenvolvimento Urbano (SEHDU) e do Conselho Municipal de Política Urbana e Habitacional.

A revisão tem como principal diretriz a participação social, começando pela criação de Grupos de Trabalho, visando valorizar a experiência dos gestores e servidores públicos das secretarias municipais que discutiram temas estruturantes na cidade de Osasco, como Habitação Social, Meio Ambiente, Mobilidade Urbana, Políticas Setoriais, Desenvolvimento de Territórios Periféricos, Função Social, Produção Imobiliária, Articulação Metropolitana, Desenvolvimento Econômico e Macrozoneamento.

Desde o início os atores envolvidos promoveram reuniões para traçar o diagnóstico da cidade. Os encontros aconteceram na FITO zona Sul e reuniram técnicos de várias secretarias da administração municipal. Levantados os problemas, o diagnóstico passa a ser apresentado para a população em reuniões que estão marcadas para os próximos dias. E para lançar essa ideia, a Prefeitura faz a abertura oficial desta fase no próximo dia 14, na Sala Osasco, às 17h30, e, à princípio, em mais 5 outras reuniões territoriais que acontecerão durante o mês de agosto.

DIRETOR

A agenda desses encontros está disponível no link:

http://pmo.osasco.sp.gov.br/portal/conteudo/noticia.xhtml?title=prefeitura-convida-populacao-a-participar-da-revisao-do-plano-diretor-da-cidade&uid=69A760616AF54047A03DF85F1F6D572C.

 

Como participar?

A partir das discussões desses Grupos de Trabalho Temáticos, a Prefeitura irá realizar na cidade um conjunto de 5 oficinas territoriais, além de diálogos setoriais para discutir o diagnóstico da cidade.

Encerradas as discussões iniciais, a prefeitura irá realizar uma audiência pública, visando validar a primeira minuta de diagnóstico do Plano Diretor de Osasco.

O que é o Plano Diretor?

A Osasco em que queremos morar, trabalhar e viver, para ser alcançada, precisa ser orientada por regras objetivas de ordenamento de todo o território. Essas regras orientam como se constroem as casas, os edifícios, quais as áreas devem ser reservadas para a criação de parques, praças e moradias populares, como resolver os problemas de trânsito e mobilidade entre as regiões da cidade, como equilibrar as ofertas de emprego e moradia, como levar cidadania e garantir direitos aos que mais precisam e, assim, melhorar a vida de todas e todos na cidade.

O Plano Diretor é a principal lei para construirmos essa Osasco que queremos. Ele reúne o conjunto dessas regras e orientam como o poder público e a iniciativa privada podem e devem atuar no município.

Por uma lei federal, ele é obrigatório para todo município com mais de 20 mil habitantes e, Osasco, por ter uma população de mais de 700 mil habitantes, está revisando sua lei.

Desta forma, esta lei deve ser elaborada partindo de um amplo processo participativo envolvendo todos os setores da Prefeitura, os moradores de todas as regiões da cidade, os movimentos sociais, as associações de bairro, o mercado imobiliário, o legislativo, os empresários, ou seja, todos os participantes que moram, trabalham, investem e vivem na cidade.

Além da necessidade jurídica da revisão, já que o Plano vigente é de 2004, Osasco precisa acabar com a fragmentação da legislação de desenvolvimento urbano, visando melhor aplicação e transparência. Hoje cerca de 130 leis e decretos versam sobre políticas de intervenção no território e essa realidade fragiliza a aplicação e a condução das políticas públicas e dificulta a transparência dos processos.

Confira a agenda de reuniões e participe do encontro mais próximo de sua casa!

Data: 16/8/2017 (Quarta)

Horário: 19h às 21h30

Local: Centro Cultural e Esportivo

Endereço: Rua Dr. Miguel de Campos Jr. S/N – Portal D Oeste

 

Data: 19/8/2017 (Sábado)

Horário: 9h às 12h

Local: EMEF Terezinha Martins Pereira

Endereço: Praça Professor Anésio Cabral, s/n – Rochdalle

 

Data: 21/8/2017 (Segunda)

Horário: 19h às 21h30

Local: Escola de Artes César Antonio Salvi

Endereço:  R. Ten. Avelar Pires de Azevedo, 360 – Centro

 

Data: 23/8/2017 (Quarta)

Horário: 19h às 21h30

Local: EMEF Prof. Anézio Cabral

Endereço: R. Venezuela, 155 – Jardim D’abril,

 

Data: 28/8/2017 (Segunda)

Horário: 19h às 21h30

Local: CEU das Artes 1º de Maio “Camila da Silva Rossafa”

Endereço: Rua Nelson Mandela S/N – 1º de Maio

 

Secretaria de Comunicação Social
Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP

Telefone: (11) 3652-9456

E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br

Site: www.osasco.sp.gov.br

Coronel Telhada fala sobre a crise da segurança pública brasileira

Na última década, a questão da segurança pública passou a ser considerada problema fundamental e principal desafio ao estado de direito no Brasil. A segurança ganhou enorme visibilidade pública e jamais, em nossa história recente, esteve tão presente nos debates tanto de especialistas como do público em geral. Para entender melhor essa crise na segurança pública brasileira, conversamos com o coronel Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, mais conhecido como Coronel Telhada, deputado estadual (PSDB).

Com um currículo respeitado, Telhada serviu em várias unidades da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), entre elas o 23º BPM/I, o 4º BPM/M, a ROTA, o 3ºBPChq, o GATE, o COPOM e o 7º BPM/M. Foi um dos oficiais fundadores do GATE e comandou pelotão da ROTA como 2º e 1º Tenente, de 1986 a 1992. Sua experiência vivida na polícia com muita intensidade, o credencia para falar deste momento conturbado da segurança pública no Brasil. De maneira objetiva e pontual, o deputado retratou de maneira incisiva o atual momento do Brasil que vive uma crise sem precedentes na segurança pública, se já não bastasse à crise política desmascarada pela Operação Lava Jato que desmontou um esquema aterrorizante de putrefação, o policiais são mal remunerados e enfrentam inúmeras deficiências para realizar o trabalho cotidiano.

Indagado sobre os maiores desafios a serem enfrentados pelas políticas de segurança pública no dias de hoje, Telhada reclamou do atual sistema judiciário que favorece os bandidos e da falta de cultura de segurança.

Outra questão abordada pelo deputado é o sistema de Segurança Pública e Justiça Criminal que apresenta problemas estruturais gravíssimos. Por exemplo, toda a investigação criminal feita pela polícia é repetida no judiciário, ocasionando uma grande sobreposição de atividades desnecessária. Além disso, existem entraves burocráticos que emperram o andamento do sistema.

Temos duas polícias que possuem dificuldades de trabalhar em conjunto. Policiais são mal remunerados e enfrentam inúmeras deficiências para realizar o trabalho cotidiano. A perícia criminal no Brasil padece de falta de pessoal e de equipamentos e maioria dos casos não são solucionados. Telhada também falou sobre a crise de segurança no Rio de Janeiro que se tornou um câncer, da vulnerabilidade das nossas fronteiras e a importância dos governos valorizar as policias.

Confira entrevista completa em vídeo!

Rogério Lins homenageia atletas que participaram dos Jogos Regionais

1

“Nossos atletas se empenharam, conquistaram e não poderíamos deixar passar em branco. Essa cerimônia representa nossa parcela de agradecimento e também orgulho pela belíssima atuação nos Jogos Regionais, elevando o nome da nossa cidade”. Com essas palavras o prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, homenageou na terça-feira, 8/8, os atletas osasquenses que conquistaram pódio na 61ª edição dos Jogos Regionais 2017, realizado em São Bernardo do Campo.

2

No quadro geral, Osasco conquistou 13 medalhas de Ouro, 16 medalhas de Prata e 22 de Bronze, em modalidades individuais e coletivas. A cerimônia, que contou com a presença do secretário de Esporte, Délbio Teruel, ocorreu na Sala Osasco.

Délbio parabenizou todos pelo empenho e força de vontade, ressaltando que este ano houve uma melhora na pontuação final obtida (228 pontos, contra 216 do ano passado).
“Só tenho que agradecer de coração a todos os nossos atletas. Foi maravilhoso acompanhar vocês e ver a dedicação. Vamos continuar valorizando e investindo no Esporte para alcançar resultados ainda melhores”, frisou.

4

Participaram da  cerimônia, os vereadores Toniolo e Ricardo Silva, os secretários municipais José Carlos Vido (Saúde), Valdeci Magdanelo (Segurança), Suzete Souza (Assistência Social), Elza Oliveira (chefe de Gabinete) e Sérgio Di Nizzo (Administração), o coordeandor geral do Bradesco Esporte, Rogério Cury, o chefe da delegação de Osasco, Luiz Antonio Aneas, o responsável pelo Departamento Jurídico do Osasco Audax, professor Madeira, entre outras autoridades.

5

Modalidades:

Atletismo

*Feminino 3º Lugar

*Masculino 4º Lugar

 

Badminton

*Feminino 2º Lugar

*Masculino 1º Lugar

 

Basquetebol

*Feminino 2º Lugar

*Masculino 1ºLugar

 

Futebol Feminino categoria livre

*1º Lugar

 

Futebol Masculino categoria até 20 anos

*2º Lugar

 

Futebol Masculino categoria até 21 anos

*2º Lugar

 

Ginástica Artística Feminina categoria até 14 anos

*2º Lugar

 

Ginástica Artística Masculina categoria até 16 anos

3º Lugar

 

Ginástica Rítmica Feminina categoria até 14 anos

*1º lugar

 

Judô Feminino categoria Super Ligeiro

*3º Lugar

 

Judô Masculino categoria Nague no Kata

*2º Lugar

 

Natação Feminina

*50 Metros Costas 3º Lugar

 

Natação Masculina

* 100 Metros Peito 2º Lugar

*100 Metros Borboleta 2º Lugar

* 50 Metros Peito 3º Lugar

* 200 Metros Borboleta 3º Lugar

* 400 Metros Medley 3º Lugar

* Revezamento 4 X 100 Livre 3º Lugar

* Revezamento 4 X 100 Medley 3º Lugar

 

Taekwondo Feminino categoria individual

* Categoria individual 3º Lugar

* Duplas Mista 3º Lugar

 

Taekwondo Masculino

* Categoria até 58kg 2º Lugar

* Acima de 80kg 2º Lugar

* Dupla Mista 3º Lugar

* Equipe 3º Lugar

 

Tênis Feminino até 21 anos

*1º Lugar

Tênis Masculino categoria livre

*2º Lugar

 

Tênis de Mesa Feminino até 21 anos

*3º Lugar

 

Voleibol Feminino categoria até 21 anos

*1º Lugar

 

Xadrez Feminino categoria até 21 anos

*1º Lugar

 

Xadrez Masculino categoria livre

*1º Lugar

Secretaria de Comunicação Social
Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP

Telefone: (11) 3652-9456

E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br

Site: www.osasco.sp.gov.br