Pela primeira vez na história, Osasco arrecada mais de R$ 50 milhões com ISS

Pela primeira vez na história da cidade, a arrecadação proveniente do ISS (Imposto Sobre Serviços) ultrapassou a cifra dos R$ 50 milhões em julho, alta de 29,52% quando comparada a arrecadação de janeiro de 2018, que chegou a R$ 38.824.745,56.


A alta é resultado da retomada da economia e da chegada de novas empresas à cidade, de acordo com o secretário de Finanças, Pedro Sotero. “Não reajustamos o ISS. Essa alta na arrecadação é a soma dos novos investimentos na cidade. Estamos recebendo novas empresas, principalmente de tecnologia e inovação”, disse.

ye

De acordo com Sotero, o índice do ISS refere-se à arrecadação de impostos sobre serviços no mês imediatamente anterior. Ou seja representa a retomada do crescimento e o aquecimento da economia a partir de junho.

Os números são validados pela quantidade de empresas abertas no município durante os primeiros meses de 2018. Foram 1.870 MEI (Micro Empresário Individual) e 1600 empresas dos mais variados segmentos, que geram renda e empregos para os moradores da cidade.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, tem atuado para trazer grandes empresas à cidade, para criar um parque tecnológico e de inovação, gerando emprego e renda ao município.

A localização estratégica – com fácil acesso às marginais e cortada pelas rodovias Castello Branco, Raposo Tavares e Anhanguera – não é o único atrativo do município, que figura entre os 100 melhores para investimentos, destaca-se pelos lançamentos imobiliários e detém posição de destaque no ranking brasileiro e estadual do PIB (Produto Interno Bruto).

Para reforçar ainda mais esses índices, a administração pública tem investido na formação e qualificação da mão de obra, através de cursos gratuitos e em parceria, para preparar o cidadão para o concorrido mercado de trabalho, que exige profissionais cada vez mais qualificados.

O chefe do Executivo comemora o recorde, mas sabe que a cidade pode mais diante da política de incentivo, das facilidades e agilidade para a abertura de novas empresas e dos investimentos que tem realizado para deixar Osasco mais competitiva. “Temos negociado a vinda de grandes empresas. Sabemos que temos potencial para a formação de um grande polo de tecnologia e inovação. Buscamos o melhor para a nossa cidade e a nossa população”.

Anúncios

PEC da Previdência é debatida na Câmara de Osasco

Funcionários participaram de debate com especialista em Previdência Social.
Na manhã desta quinta-feira (19), a Escola do Parlamento da Câmara municipal de Osasco realizou palestra sobre a PEC 287/16. O palestrante, Dr. Joel Rocha Rosa, advogado da Câmara municipal de Itapevi e especialista em Previdência Social, abordou a Proposta de Emenda à Constituição que trata sobre a Reforma da Previdência.

ASFALTO

Em sua apresentação, Joel levantou opiniões polêmicas envolvendo o poder público e as
contas da Previdência Social. De início, fez um apelo a todos os presentes quanto à cobrança aos políticos eleitos e aos congressistas atuais. Para o advogado, o Congresso Nacional e a classe política precisam modificar suas posturas e posicionamentos. “Nos dias de hoje, com tantos escândalos envolvendo políticos, qual o arcabouço moral que o Congresso Nacional tem para decidir o futuro do povo?”. E continuou, “Os nossos políticos devem assumir posicionamentos mais claros e mais condizentes com as necessidades da população”, disse.

ASFALTO.jpg
Outro ponto questionado pelo palestrante foi sobre a imagem que o governo e a mídia criam a respeito do funcionalismo público. Em seu entendimento, a grande mídia, em conluio com o poder público, constrói uma imagem negativa do servidor público, culpando a categoria pelos altos gastos do Estado. “A culpa do rombo na Previdência não é do servidor público. Mesmo que as informações passadas para a grande mídia tratem de jogar a opinião pública contra o servidor, ele não é o culpado. Existem outros responsáveis por isso”, afirmou.

Para complementar o seu ponto de vista, abordou o déficit existente na Previdência Social, fazendo indagações a respeito das dívidas “estratosféricas” que as grandes empresas e conglomerados bancários possuem com o governo. Além disso, apontou as grandes isenções que o Estado proporciona às grandes petroleiras. Segundo o especialista, “os maiores bancos do país devem mais de 124 bilhões de reais em impostos ao governo.

Eles descontam de seus funcionários e deixam de repassar os recursos aos cofres públicos, o que gera um grande descontrole nas contas da Previdência”. Para o advogado, a cobrança dessas dívidas seria capaz de solucionar o problema do propagado déficit da Previdência.

A respeito das isenções às petrolíferas estrangeiras, Rosa explicou que o Governo aprovou medidas que isentam de taxas de importação, produtos, projetos e serviços sob responsabilidade de empresas estrangeiras com interesses nos campos de petróleo brasileiros. “Há, ainda, as isenções de impostos às petroleiras. O governo concede benefícios fiscais às grandes empresas petrolíferas que atuam no país. Em 30 anos, as perdas chegam à ordem de R$ 1 trilhão à União. Exatamente o valor que o governo apresenta como rombo na Previdência”. E concluiu, “Diante disso, eu só posso afirmar que a Previdência é superavitária. Estão nos enganando”, encerrou.

Mostra de Dança lota Teatro Municipal

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (Serel), realizou na quinta-feira, 21/06, a Mostra de Atividades de Dança da Serel no Teatro Municipal Glória Giglio.

PROERD

O evento reuniu centenas de pessoas e arrecadou 422 quilos de alimentos, que serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade.

PROERD.jpg

A mostra teve por objetivo apresentar as modalidades de dança oferecidas pela Serel gratuitamente à população: balé, dança de salão, dança do ventre, jazz, master dance para a terceira idade, pilates e ritmos.

PROERD.jpg

Além da dança, também houve apresentação de alongamento, boxe, capoeira, ginástica funcional, kung fu, karatê e muay thai. “É importante que os osasquense saibam que existem várias opções de atividades gratuitas em nosso município”, enfatizou o secretário Carmônio Bastos.

PROERD

Informações

Quem deseja obter mais informações sobre as atividades do Departamento de Práticas Esportivas e Recreativas da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (Serel), deve ligar para: 3654-1062/3682-1804 e 3683-7785.

Sobre as atividades da Escola de Xadrez Osasco, ligue 3654-1114 e 3682-2711 – Ramal 29.

Osasco empossa membros do Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas

Texto: Talita Castro

Imagem: Sergio Gobatti

A Prefeitura de Osasco deu posse na segunda-feira, 11/6, aos membros do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Compod), formado por 35 membros, dos quais 18 são titulares e 17 suplentes. O conselho conta com representantes da sociedade civil, entidades de classes e funcionários públicos.

3

A cerimônia de posse, ocorrida na Sala Osasco, contou com a presença do prefeito Rogério Lins e secretários municipais. “Mais uma atividade muito importante para nossa cidade. Um município não é feito só de obras. É preciso que haja inclusão, acolhimento, políticas públicas e, principalmente, ações sociais que estendam a mão para os que precisam de auxílio imediato e esse é o papel do Conselho de Políticas Públicas sobre Drogas”, disse.

3

A secretária de Assistência Social, Elsa de Oliveira, disse que a posse ficará marcada na história da cidade. “O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas estava desativado há 10 anos e esse governo resgatou esse tema tão importante para nossa cidade e um mal que está atingindo muito a sociedade hoje em dia”.

Após os discursos, o prefeito recebeu dos vereadores Josias da Juco e Daniel Matias, um certificado de homenagem, pela realização do curso de Capacitação de Agentes Multiplicadores da Prevenção ao uso de Drogas, ministrado pela Polícia Civil, por meio do Denarc.

3

O Conselho

Tem por finalidade exercer papel consultivo, deliberativo, normativo, fiscalizador, incluindo-se a proposição de diretrizes para ações voltadas à prevenção, tratamento, recuperação e (re)inserção social, redução dos danos sociais e à saúde, redução da oferta e estudos, pesquisas e avaliações sobre drogas, no âmbito do município de Osasco. O Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas funcionará junto à Casa da Cidadania, na Avenida dos Autonomistas, 3087 – Centro.

Representantes do Poder Público

Relação dos membros titulares: Eduardo Barbosa DuarteMara Regina Ribeiro, Linete Teruel, Maria Gorreti Vicente, José Carlos Ubaldo, Adalto Pereira Serra, Sabrina Ferreira de Barros, Ana Paulo Venerozzo, Capitão Marcelo Adriano Brandão e Igor Alves Guedes de Oliveira.

Relação dos membros suplentes: Edilson Ferreira Ramos, Vanessa Laís Roque Longo, Priscila Yuri Yoshi Fukushima, Almerinda Cardoso Machado da Rosa, Márcio José de Lima, Eremor Castelo da Silva, Luiz Gonzaga Cau, João Marcos Aprijo de Paula, Capitão Elcio do Nacimento e Patrícia Paulo Coutinho.

Representantes da Sociedade Civil Organizada

Relação dos membros titulares: Márcio Celso Pereira Ferraro, Laércio Carlos Tonon, Michel Salim Gebara, Claudino Alves Ribeiro, Messias Liguori Padrão, Pastor Jonas de Melo Florêncio, Henrique Soriano Lacerda e Márcio Alves de Oliveira.

Relação dos membos suplentes: Libânia Aparecida da Silva, José Carlos Beraldo, Mario Hiroyuki Egami, Vanessa Gonçalves Soares, Edmilson Santos Oliveira, Aparecido Amorina e Jaine Postigo.

Também participaram da cerimônia, os secretários Adilson Moreira (Segurança e Controle Urbano), João Perez (Chefe de Gabinete), Sérgio Di Nizo (Governo), Lau Alencar (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), Bruno Mancini (Planejamento e Gestão); os secretários adjuntos Fábio Chirinhan, Deisi Ventura, Marcos Arruda e Hamilton Sant’anna; os vereadores Daniel Matias e Josias da Juco; comandante Raimundo da GCM, Juvêncio França Assis Neto (Conselho Tutelar); tenente Paulo Gollis Mota (14º BPM/M representando o tenente coronel Luiz Antônio), Simone de Carvalho (coordenadora da Coordenadoria de Políticas para Mulheres, Pessoas com Deficiência, Promoção da Igualdade Racial e Diversidade Sexual), Apóstolo Willy (Igreja Vida Nova de São Paulo), Rafael Alves (Rede Social de Osasco), Edmilson Santos Oliveira (Instituto IDE – Integrando e Disciplinando através do Esporte) e Marcos Miguel (Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente – CMDCA).

Associação dos Engenheiros de Osasco tem nova sede

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou na segunda-feira, 28/5, na Rua Alexandre Baptistone, no Km 18, da inauguração da sede da Associação dos Engenheiros e Arquitetos da cidade, presidida por Leandro Azeredo Fogaça. A antiga sede fica na Rua Natanael Tito Salmon, no Centro.

A associação, que completa 46 anos, agrega cerca de 4 mil profissionais que atuam em Osasco nas áreas de engenharia civil, elétrica, eletrônica, de produção, agronomia e química, além de arquitetura. O terreno tem 1.500 metros quadrados, sendo 970 metros de área construída.

O prefeito parabenizou os representantes da associação pela concretização do projeto. “Esta obra representa mais uma das boas notícias para nossa cidade. Recentemente, saíram na imprensa diversas matérias sobre o crescimento de nossa cidade, uma delas, da Folha de S. Paulo, dizendo que Osasco lidera em novos empreendimentos imobiliários da Grande São Paulo. Isso se deve muito ao trabalho de profissionais de diversas áreas, entre os quais vocês (engenheiros e arquitetos)”.

Durante a solenidade, da qual também participaram o vice-presidente da entidade, Paulo Fioreti, o presidente do CREA-SP, Vinícius Marchese Marinelli, vereadores e secretários municipais, Rogério Lins entregou o Habite-se ao presidente da associação.

Osasco recebe visita de comitiva chinesa

Osasco receberá na segunda-feira, 28/5, a visita de delegação chinesa formada por integrantes da Comissão Educacional da cidade de Beijing. O grupo conhecerá a estrutura da Secretaria de Educação, suas principais atribuições para o desenvolvimento do ensino; projetos e ações voltadas ao intercâmbio educacional ou cultural entre instituições estrangeiras; trocas de experiências; e estabelecer relações de amizades entre os municípios. A visita é coordenada pela Associação de Intercâmbio Econômico e Cultural Brasil-China com a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Governo e o Departamento de Relações Internacionais.

osasco

Em visita ao Brasil, o grupo realizará Feiras de Intercâmbio Internacional com o objetivo de promover o sistema educacional de Beijing para as instituições de ensino brasileiras e criar oportunidades de cooperação técnica e educacional entre estudantes.

Integram a comitiva Ren Jun, vice-diretor da Divisão de Relações Internacionais da Comissão Municipal de Educação de Pequim; Li Jun, vice-diretora do Centro Internacional de Intercâmbio de Educação de Beijing; Qiu Yulu, oficial de projetos do Centro Internacional de Intercâmbio de Educação de Pequim; Du Chengxi, diretor do Comitê de Educação do Distrito de Beijing Fangshan; Zhang Duo, representante do Gabinete de Relações Internacionais da Universidade de Silvicultura de Pequim; Liu Zhenjuan, presidente da Escola de Educação Internacional de Tecnologia Química de Beijing; Li Lin, coordenador do Programa da Escola de Educação Internacional da Universidade de Comunicação da China; e Li Gonqxiu, diretor da Escola Beiluyuan do Distrito de Beijing Fangshan.

Os representantes da Associação de Intercâmbio Econômico e Cultural Brasil-China são: Xu Lien (presidente da associação); Carol Chen (intérprete); e Paulo Henrique de C. Miranda (secretário de Assuntos Internacionais).

Fundada em 2000, com sedes em São Paulo e Beijing, a Associação é uma entidade civil sem fins lucrativos cujo trabalho visa estreitar as distâncias linguísticas, geográficas e culturais entre as diversas regiões do Brasil e da China. Desde sua fundação, a entidade tem sido uma ativa mola propulsora do desenvolvimento da cooperação sino-brasileira.

Programação

9h – Recepção da delegação na Sala de Reuniões do gabinete do prefeito, com a presença do prefeito Rogério Lins e a primeira-dama, Aline Lins.

10h – Recepção e café da manhã da comitiva na Secretaria de Educação

10h30 – Apresentação da Secretaria de Educação

11h30 – Visita à EMEF Marechal Bittencourt

19h – Visita ao Unifieo

Osasco lidera em novos empreendimentos imobiliários, aponta jornal

Foto: Reprodução 

Levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo e publicado no domingo, 20/5, aponta que Osasco recebeu nos últimos cinco anos mais apartamentos do que todas as demais cidades da região metropolitana de São Paulo.

4c2af31b-c42b-4676-b796-8db4749baba8

Entre 2013 e 2017, foram lançados no município 19.741 imóveis, segundo apontamento feito pela publicação junto ao Grupo Zap VivaReal. O número corresponde a 30% das novas unidades da região pesquisada, que engloba Osasco, Guarulhos, Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, São Caetano do Sul e Alphaville.

Ao todo, segundo o jornal, 102 empreendimentos escolheram a cidade para tocar   seus projetos. E o tamanho deles chama a atenção. “São condomínios com muitas torres. Osasco conta com 194 unidades por empreendimento, enquanto Santo André, por exemplo, tem 74. Esses grandes condomínios são praticamente bairros novos na cidade”, diz Cristiane Crisci, gerente de inteligência de mercado do Grupo Zap VivaReal.

É o caso do Jardins do Brasil, da Eztec. Distribuídas em um terreno de quase 70 mil metros quadrados, as quatro torres residenciais do empreendimento somam mais de 2.000 apartamentos. Três dos prédios já foram entregues, e um quarto, o Atlântica, tem a conclusão prevista para setembro. Um apartamento, que pode ter área de 89 a 125 metros quadrados, custa a partir de R$ 389 mil. Uma quinta torre deve ser lançada até o começo do ano que vem, segundo a Eztec.

“Foi o nosso primeiro empreendimento em Osasco”, diz Alexandre Tagawa, publicitário da incorporadora. “Nos bairros de São Paulo próximos da região, como Butantã, não há condições para empreendimento nessas dimensões”, assegurou.

O preço médio do imóvel em Osasco, em torno de 40% mais barato que o da capital, também é um atrativo, segundo Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP, sindicato de habitação. De acordo com dados da entidade, o metro quadrado em Osasco está em R$ 5.715. No bairro vizinho do Butantã, chega a R$ 8.627.

“A renda per capita da cidade também é boa, fazendo com que seja um mercado promissor em termos de compradores e altamente atrativo para o mercado imobiliário”, afirma Petrucci.

O diretor da Tecnofort, Maurício Michelis, incorporadora com mais de 20 anos de mercado em Osasco, testemunhou essa atratividade. Entre os lançamentos recentes da Tecnofort na cidade está o Horizon Residencial, com plantas de 56 a 72 metros quadrados. Os apartamentos são vendidos a partir de R$ 390 mil.

“De uns tempos para cá, muitas construtoras de fora acabaram vindo para Osasco”, conta Michelis. “Nunca fomos para São Paulo, porque sabemos que lá a briga é de cachorro grande. O problema é que nos últimos anos os cachorros grandes é que acabaram vindo para cá.”

A Gamaro, por exemplo, com sede em São Paulo, escolheu Osasco para lançar o projeto Piscine Home Resort. Com mais de 13 mil metros quadrados de terreno, o complexo de três torres conta com apartamentos que vão de 40 a 78 metros quadrados, além de uma área de lazer com piscina de 50 metros de comprimento e um toboágua. Os apartamentos são vendidos a partir de R$ 310 mil.