Programa Arboriza Osasco recebe o carinho das crianças na zona norte

Na segunda-feira, 18/9, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, iniciou a Semana da Árvore com o lançamento do programa “Arboriza Osasco”, que prevê o plantio de 800 mudas de árvores em diversos bairros da cidade. Com o plantio destas, Osasco atingirá a marca de 3.500 mudas de árvores plantadas em 2017.

A imagem pode conter: 13 pessoas, atividades ao ar livre

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, e cerca de 60 alunos da EMEF. Dr. Francisco Manoel Lumbrales de Sá Carneiro participaram do mutirão de plantio de árvores no Parque Ecológico Jardim Bonança.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza

“Uma cidade importante como Osasco tem que se preocupar com plantio de árvores, despoluição dos córregos e projetos de reciclagem de lixo. Essas ações colaboram para o bom funcionamento do nosso planeta e da nossa cidade”, destacou o prefeito.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O secretário do Meio Ambiente, Élio Salvini, falou da importância da conscientização das pessoas em relação a natureza: “Plantar árvore é muito importante, mas também precisamos conscientizar às pessoas sobre a importância do cuidado com o meio ambiente, com as plantas, resíduos e com a água”.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé

O evento contou com uma apresentação do Coral Adra, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, e com apresentações de danças dos alunos de capoeira do Centro Cultural e Esportivo Portal D´Oeste.

A imagem pode conter: 26 pessoas, pessoas em pé

Participaram do evento, os secretários Élio Salvini (Meio Ambiente) e Ana Paula Rossi (Educação), o vereador Ricardo Silva, a vice-diretora da EMEF Lumbrales,  Mara Aparecida Rocha e o professor Celso Santos Barbosa.

Confira a reportagem em vídeo!

Anúncios

Prefeitura atende moradores e faz intervenções na Cidade das Flores

Portões do parque foram fechados e calçadas alargadas. Ação trará mais tranquilidade, segurança e qualidade de vida aos moradores locais

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, esteve na quarta-feira, 23/8, no bairro Cidade das
Flores, para verificar as intervenções realizados no local, por meio das secretarias de
Meio Ambiente e de Serviços e Obras, a partir de reivindicações apresentadas pelos
moradores na segunda edição do programa “Fale com o Prefeito”.

flor 3.png

As intervenções vão desde o fechamento dos portões que dão acesso ao Parque Clóvis
Assaf, mais conhecido como Parque da Cidade das Flores, até a construção de novo calçamento que começa na rua Sândalo, na altura da entrada da Associação Comunitária
de Idosos do Município de Osasco (Acimo), estendendo-se pela rua Marechal Edgar de
Oliveira, alça de acesso à avenida Ipê.

flor 3
De acordo com Paulo, morador e liderança do bairro, as pessoas se arriscavam andando
pela rua, que é bastante movimentada pelo tráfego de carros e caminhões. “Estive no
‘Fale com o Prefeito’, realizado em julho, e levei um documento assinado por moradores
da região, solicitando o alargamento de toda a extensão da calçada da rua Marechal

Edgar de Oliveira”, contou.

No documento, eles também solicitaram o fechamento dos portões das ruas laterais ao
parque. Os moradores alegam que os portões abertos facilitavam a ação de assaltantes,
que usavam o local como rota de fuga. “Não tínhamos tranquilidade sequer para lavar o
carro em frente de casa”, disse.
“No ‘Fale com o Prefeito’, Rogério Lins foi bastante solícito e encaminhou nosso projeto
ao secretário de Obras e na mesma semana uma equipe esteve no local para verificar a
possibilidade da realização do serviço”, relatou.
“Devemos pautar Osasco com o que ela tem de melhor. Pequenas ações como esta me
motiva a trabalhar ainda mais pelo bem da nossa cidade e da nossa população”, destacou

Lins, durante sua visita ao bairro.
Participaram do encontro o secretário de Obras, Cláudio Monteiro e sua equipe, o
vereador Jair Assaf, a presidente da Acimo, Maria de Lourdes Figueiredo Girardi,
lideranças, entre outros.

Secretaria de Comunicação Social
Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP
Telefone: (11) 3652-9456
E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br
Site: http://www.osasco.sp.gov.br

Semana da Árvore em Osasco terá diversas atrações

Inspirada no poema de Chico Mendes: “No começo pensei que estivesse lutando para salvar seringueiras, depois pensei, estava lutando para salvar Florestas. Agora, percebo que estou lutando para salvar a humanidade”, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), promoverá entre os dias 18 e 24/9 a “Semana da Árvore”.

flor 1

O evento trará diversas atrações de conscientização ambiental e proteção ao meio ambiente, entre eles o Lançamento do Programa “Arboriza Osasco”, que será realizado no primeiro dia de atividades. Confira a programação:

Mutirões de arborização

 18/09, às 9h – Lançamento do Programa “Arboriza Osasco” – Parque Ecológico do Jd. Bonança. Avenida Juscelino Kubitschek, Jd. Bonança.

19/09, às 9h – Centro de Convivência ANOSCAR. Rua Luiz Antônio de Arruda, 55 – Vila Yara.

20/09, às 9h – EMEF João Euclydes Pereira. Rua Osvaldo Munhoz – Vila Serventina.

21/09, às 9h – E.E José Geraldo Vieira. Avenida Padre Vicente Melillo, 1653 – Umuarama.

22/09, às 9h – Parque Manoel Manzano. Rua Sérgio Pompeo – Conjunto dos Metalúrgicos.

23/09, às 9h – Condomínio Solar dos Nogueiras. Estradas das Rosas, 1717 – Sta. Maria.

flor 2

Exposição: “Sentindo as árvores e seus frutos’’ 

 De 18 a 22/09, das 8h às 18h

Local: Portal do Trabalhador – Unidade Santo Antônio. Avenida João de Andrade, 1778, Sto. Antônio

“Árvore do conhecimento”: perceber o ambiente através dos sentidos

De 18 a 22/09, das 9h às 16h

Local: Parque Ana Luiza Moura de Freitas. Rua David da Silva, 111, Jd. Piratininga

“Dia Mundial sem carro” – Dia 22/09 – Neste dia, caminhe, pedale, respire.

 “Expo papilio” – palestras, degustação de insetos

Dia 23/09, das 9h às 16h

Local: Parque Dionízio Álvares Mateos. Rua Georgina, 69, Jd. das Flores

Evento gratuito. Para participar das palestras, as inscrições serão feitas no local

flor 3

Texto: Olga Liotta

Imagens: divulgação

Gincana do Programa Biodiesel Osasco premia alunos com visita ao Projeto Tamar

Alunos e professores da EMEF General Bittencourt foram contemplados no dia 15/8 com uma visita ao Projeto Tamar em Ubatuba. A visita foi realizada como premiação para a escola que coletou e entregou ao programa Biodiesel o maior volume de óleo de cozinha, cuja destino é a reciclagem, feita  por meio da transformação em biodiesel.

Com o foco na educação ambiental, a visita ao Projeto Tamar, mostrou aos alunos a importância da preservação das tartarugas, seu habitat natural e a destruição das ações do homem na natureza.

Após o encontro, os alunos participaram de uma monitoria com o Corpo de Bombeiros em que foi apresentada a seriedade da atuação dos bombeiros nas praias e os perigos inerentes ao mar. Também foi realizada uma ação de Educação Ambiental com destaque para os resíduos que são descartados incorretamente nestes espaços.

O programa Biodiesel foi implantado em 2008 e vem ganhando destaque em diversos setores. Nas escolas, este é um programa importante que colabora com a formação de crianças e jovens com o intuito de despertar no estudante o seu papel na preservação do meio ambiente.

Através da 12° gincana o programa tem conseguido conscientizar os alunos sobre a importância da reciclagem do óleo de cozinha usado, divulgar cada escola como ponto fixo e voluntário de coleta, além de expandir o ponto de coleta para toda a comunidade escolar e vizinhança.

osasco 5

Mais informações podem ser obtidas através do (11) 3652 9107, biodiesel.sema@osasco.sp.gov.br.

 Com informações da Secretaria de Comunicação Social – Osasco

Osasco participa do 3° Simpósio Regional de Educação Ambiental

Estão abertas, até o dia 10/8, as inscrições para o 3º Simpósio Regional de Educação
Ambiental, que acontecerá na cidade de Santana de Parnaíba, no dia 29/8, das 8h às
18h, no Cine Teatro Coronel Raymundo, localizado na Rua Suzana Dias, 300 – Centro de Santana de Parnaíba.

Com o tema “Tecendo redes e vivenciando mudanças”, o objetivo do evento é discutir e
fomentar propostas para a criação de redes de educação ambiental entre os municípios e
parceiros da iniciativa privada e sociedade civil.

Osasco participa do evento, que este ano é organizado pela Secretaria de Planejamento
Urbano e Meio Ambiente de Santana de Parnaíba e conta com a colaboração das
secretarias congêneres de outros municípios participantes como Barueri, Cajamar,
Carapicuíba, Cotia, Itapevi e Taboão da Serra e da Fundação Alphaville.

Estudantes de nível técnico (médio), universitários, educadores ambientais de todos os
segmentos, entidades sociais, instituições de ensino, empresas e órgãos públicos podem
participar e inscrever seus trabalhos, conforme normas estabelecidas, através do
formulário disponível em https://goo.gl/forms/uOiIgFEHM5liKVwk2

A terceira edição do evento busca dar continuidade aos trabalhos gerados a partir dos
simpósios anteriores e fortalecer as ações realizadas por meio de parcerias em prol de
um meio ambiente saudável, da qualidade de vida e da sustentabilidade.

Para fortificar a discussão acerca da importância e necessidade da criação de redes de
educação ambiental, o Simpósio contará com a presença de Renata Rozendo Maranhão,
Diretora do Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente; José
Silva Quintas, ex-gestor público do IBAMA e formulador da Política Nacional de educação Ambiental; Carlos Eduardo Ferreira Pinto, promotor de Justiça que atuou na consolidação do Núcleo de Resolução de Conflitos Ambientais (NUCAM) e representou o estado de Minas Gerais nas tratativas do desastre ambiental ocorrido em Mariana, em 2016.

Miriam Duailibi, presidente do Instituto Ecoar para Cidadania e precursora do Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global também
confirmou sua participação.

Partindo do princípio que a transformação do estilo de vida para um modelo mais
sustentável se faz através da apropriação de conhecimento e interiorização de novos
paradigmas, o 3º Simpósio Regional de Educação Ambiental busca a participação direta
do público inscrito.

Seja através da apresentação de trabalhos científicos e experiências de sucesso ou da
dinâmica Café Compartilhado, que promove diálogos construtivos e aumenta a
capacidade coletiva de criar e trocar conhecimento. Esta edição do simpósio será um
espaço aberto para o diálogo entre poder público, iniciativa privada e sociedade civil.
O resultado imediato alcançado nas atividades realizadas no simpósio será apresentado
em uma plenária final no dia do evento e, posteriormente, analisado pelos municípios
envolvidos para melhorias de seus métodos de trabalho, para o desenvolvimento de seus
Programas Municipais de Educação Ambiental.

Inscrição e submissão de trabalho

As inscrições são gratuitas e iniciam-se no dia 12/07/2017 através do link:
https://goo.gl/forms/uOiIgFEHM5liKVwk2.

É possível realizar a inscrição virtualmente até o encerramento das 200 vagas disponíveis ou presencialmente, no dia do evento, caso as 200 vagas não tiverem sido preenchidas. Atenção: Aos participantes que forem enviar resumo de trabalho, a inscrição termina dia 6/8/2017.

As ações de educação ambiental de entidades sociais, instituições de ensino, empresas e
demais órgãos públicos da região poderão ser divulgadas no simpósio por meio da
exposição de painéis, que serão previamente selecionados pela Comissão Organizadora
do evento. Os interessados em apresentar painel devem informar, no ato da inscrição, a opção de participação com trabalho e seguir as normas especificadas para o envio de resumo. As normas para inscrição e submissão de trabalho podem ser encontradas no link acima e devem ser lidas por todos os inscritos.

Para mais informações entre em contato com a Secretaria de Planejamento Urbano e
Meio Ambiente de Santana de Parnaíba pelo email simposioregionalea@gmail.com ou
pelo número (11) 4622-7535.

Serviços
3° Simpósio Regional De Educação Ambiental
Data: 29/08/2017
Horário: 8h às 18h
Local: Cine Teatro Coronel Raymundo, localizado na Rua Suzana Dias, 300 – Centro –
Santana de Parnaíba.
Entrada: Gratuita

Programação
Credenciamento: 8h30

Abertura oficial: 9h
Apresentação cultural: 10h30min
Mesa-redonda: 11h15min
Almoço: 12h30min às 13h30min
Café Compartilhado: 13h30min
Apresentação dos painéis: 14h30min
Plenária final: 15h Palestra: 16h
Encerramento: 17h30min

 

Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP
Telefone: (11) 3652-9456
E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br
Site: http://www.osasco.sp.gov.br

Cioeste reúne prefeitos para viabilizar projetos de obras em áreas de vulnerabilidade social

MAIS INVESTIMENTOS PARA REGIÃO METROPOLITANA DE SP

346cfc4cda7a853e9a165b7df6f7b442_XL

Foto: Sergio Gobat

Aconteceu na manhã desta quinta-feira, (08) no Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), um encontro com prefeitos da região oeste de São Paulo com o objetivo de tratar da viabilização de empréstimos da Instituição Financeira para a execução de projetos de obras em áreas de vulnerabilidade social. Uma reunião entre prefeitos que o compõem com o diretor Executivo do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Victor Rico.

Comandada pelo presidente do Consórcio, Elvis Cezar, a reunião contou com a presença dos prefeitos Rogério Lins (Osasco) Josué Ramos (Vargem Grande Paulista), Paulo Baruf (Jandira) e Marcos Neves (Carapicuíba). Os demais prefeitos que não compareceram, enviaram representantes. Estiveram presentes também os secretários de Finanças dos Municípios.

elvis 2

Conforme estudo de uma Consultoria promovida pelo Cioeste, foi realizado um  diagnóstico das áreas de vulnerabilidade social de cada município da região Oeste da Grande São Paulo. Agora, de posse desse estudo, os prefeitos vão priorizar as necessidades e com os seus técnicos elaborar os projetos que deverão ser aprovados pelas respectivas Câmaras Municipais.

Como trata-se de empréstimos estrangeiros, os mesmos terão que ser avaliados e aprovados pelo Senado da República. Segundo o presidente do Cioeste, Elvis Cezar, a linha de crédito da CAF parte do patamar de R$ 40 milhões a juros que variam de 3 a 4% ao ano. “São condições excelentes de financiamento para as nossas cidades resolverem muitos problemas sociais e ajudarem a nossa população”, disse Cesar.

Rogério Lins, prefeito de Osasco, acredita que a cidade tem condições de arcar com financiamentos oferecidas pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina. “Confio no nosso corpo técnico para a elaboração de projetos que atenderão, sobretudo, as áreas de mobilidade urbana e de combate às enchentes. Sem dúvida, é mais um passo importante que o Cioeste dá no sentido de auxiliar os municípios na viabilização dessa linha de crédito internacional”, afirmou Rogério.

2

Confira reportagem completa em vídeo!

 

Coleta de lixo é restabelecida em Osasco com aval da justiça.

A partir de agora a coleta de lixo, que já foi restabelecida, será destinada ao aterro sanitário com o aval da justiça.

Resultado de imagem para aterro sanitário de osasco

O fechamento de um dos maiores aterros sanitários de São Paulo, em Osasco, comprometeu a coleta e provocou acumulo de lixo em diversos bairros do município. A Prefeitura afirmou por meio de nota que o serviço foi normalizado hoje (20/04), com aval da justiça.

Na terça-feira (18) a Companhia Ambiental do Estado (Cetesb) interditou o aterro que recebe cerca de 800 toneladas por dia, que segundo a Companhia estava com  inadequações ambientais. A Cetesb pedia uma série de mudanças, que não estava sendo foi realizada desde a gestão anterior, cujo prefeito era Jorge Lapas (PDT). Segundo informações da assessoria do prefeito, a gestão passada deixou de cumprir uma série de exigências que acarretou no seu fechamento. O aterro tem 26 anos. Em 2008, passou a ser administrado pela Eco Osasco numa Parceria Público Privada com a Prefeitura.

A Justiça acatou o pedido de liminar apresentado,  cassando a decisão da Cetesb, por meio do secretário estadual de Meio Ambiente, Ricardo Salles que interditou  o aterro sanitário da cidade, na terça-feira/18.

Em seu despacho, o juiz Olavo Pereira da Silva destaca que “é necessário considerar que o local vem sendo utilizado durante todos esses anos sem ocorrência de acidentes”.

Segue mais abaixo decisão da Justiça.

decisão

decisão 2