Projeto “Agita Osasco” leva esporte, saúde, cultura e Lazer para Zona Sul

A Prefeitura de Osasco realizou neste último domingo (06/08), mais uma edição do “Agita Osasco”, no Parque Ecológico Manoel Manzano, que fica na rua Sérgio Pompêo, 140, no Conjunto dos Metalúrgicos. O “Agita Osasco”, que mobiliza as secretarias municipais, ofereceu à população diversas atividades esportivas, de lazer e culturais.

METAL

A participação foi totalmente gratuita. Segundo o prefeito Rogério Lins, o programa intersecretarial foi unificado para democratizar e descentralizar o acesso da população às atividades físicas, esportivas, culturais e de lazer, estimulando a convivência social, sustentabilidade, saúde pública e a qualidade de vida dos osasquenses.

A Prefeitura levará o Agita Osasco para todos os bairros do município, priorizando as comunidades menos favorecidas, ampliando a curto, médio e longo prazo a capacidade de público. Cada atividade terá seu próprio cronograma semanal e acontecerá em equipamentos públicos previamente anunciados pela Prefeitura.  “Nossa intenção com esse projeto foi promover a qualidade de vida e a saúde pública através do esporte e a utilização do uso dos equipamentos públicos, criando novos vínculos entre a gestão pública e o munícipe”, explicou o prefeito Rogério Lins. Com apoio da deputada Renata Abreu (Podemos), o campo de futebol do Parque Ecológico Manoel Manzano vai receber grama sintética, um pedido antigo dos esportivas do bairro. “O Rogério é um prefeito muito presente, muito dedicado, está sempre cobrando da gente no governo federal pra trazer recursos”, afirmou Renata sempre presentes nos eventos da prefeitura de Osasco. Segundo o prefeito Rogério Lins, o próximo ‘Agita Osasco’ será realizado na zona norte de Osasco, no Parque do Rochdale. Veja os detalhes na reportagem em vídeo mais abaixo!

Conheça algumas das atividades desenvolvidas:

  • Alongamento
  • Ginástica (zumba, pilates, hidroginástica, yoga, rítmica)
  • Esporte coletivo (Futebol, Futsal, basquete, vôlei)
  • Esporte inclusivo (vôlei adaptado)
  • Lutas (capoeira, artes marciais)
  • Culturais (música, teatro, danças, artes plásticas)
  • Oficinas (artesanato, inclusão digital, entre outras).
  • Educação ambiental (plantio de mudas, reciclagem, agricultura urbana)
  • Saúde (campanhas de saúde preventivas)

As secretarias envolvidas no projeto Agita Osasco são Cultura, Meio Ambiente, Trabalho e Inclusão, Assistência Social e Esporte.

Uber é a nova patrocinadora do Basquete Osasco

Na manhã desta última quarta-feira (02/08) o prefeito Rogério Lins anunciou a Uber como novo patrocinador do Basquete Osasco. O acordo entre o clube e a empresa inclui a presença da marca no uniforme, no ginásio e ações de marketing em eventos sociais e esportivos com os atletas.
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
O time masculino do Basquete Osasco, representante da cidade na elite do Campeonato Paulista de Basquete, um dos campeonatos mais disputados da América do Sul, ganha um apoiador de peso: a Uber é a nova patrocinadora do clube. “O Basquete Osasco é motivo de grande orgulho para a cidade e para nós é uma alegria poder apoiar o time nessa nova temporada que, temos certeza, será cheia de vitórias”, diz Phillip Klien, diretor da Uber em São Paulo. O time masculino do Basquete Osasco, representante da cidade na elite do Campeonato Paulista de Basquete, um dos campeonatos mais disputados da América do Sul, ganha um apoiador de peso: a Uber é a nova patrocinadora do clube.
A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sentadas
Lins destacou a parceria com a Uber e projeta diversas ações sociais na cidade. “Além de regulamentarmos o UBER, trazendo modernidade para nosso Município, hoje anunciamos uma nova parceria para o esporte, entre o BASQUETE OSASCO e o UBER que será o novo patrocinador do time que disputa a série principal do Campeonato Paulista de Basquete, afirmou Rogério. “ Além disso o UBER incentivará o trabalho social que é realizado nas categorias de base para centenas de jovens e adolescentes da nossa cidade, priorizando a inclusão social e o acesso ao esporte”, afirmou o prefeito que comemorou essa parceria que promete grandes conquistas para cidade de Osasco.
A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Atual tricampeão dos Jogos Abertos do Interior, o Basquete Osasco acabou de conquistar o bicampeonato dos Jogos Regionais, motivo de orgulho para toda a cidade. Além disso, por dois anos consecutivos, o time ficou na quinta colocação do Paulista de Basquete, vencendo equipes tradicionais, como Bauru, Franca, Pinheiros e Paulistano. No ano passado, a equipe conquistou seu primeiro troféu internacional, sagrando-se vice-campeã do Torneio Quatro Nações, na China.
A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sentadas
“Recebemos o apoio da Uber com muita alegria, pois nos tornamos parceiros de uma empresa séria e já reconhecida mundialmente pela capacidade de modificar, de forma positiva, o cenário do transporte no Brasil e em diversos países.
A imagem pode conter: 2 pessoas
A Uber acreditou no projeto Basquete Osasco, focado não apenas no basquete adulto, mas também na formação de atletas, com as nossas escolinhas. Essa parceria será fundamental para a realização de diversas ações em prol do esporte na cidade”, disse João Ricardo Lourenço, diretor do Basquete Osasco. Além disso, por dois anos consecutivos, o time ficou na quinta colocação do Paulista de Basquete, vencendo equipes tradicionais, como Bauru, Franca, Pinheiros e Paulistano. Em 2016, a equipe conquistou seu 1º troféu internacional, sagrando-se vice-campeã do Torneio.
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
O elenco atual do clube é formado por  Thyago Aleo, Murilo, Robinho, Léo Willians, Igor Avelino, Pastor, Bruno, André Ferros, Yagor Lupa, William Drudi, Léo Bispo e Rafael Colaço. A estreia será neste sábado, dia 5, às 18 horas, contra a Liga Sorocabana, fora de casa. No último final de semana, o Basquete Osasco u o bicampeonato nos Jogos Regionais, com campanha invicta.
Fotos: Basquete Osasco
Confira reportagem completa em vídeo!

Obras de canalização reduzirão risco de enchentes na zona Norte

Exibindo PG__8864.jpg

Texto: Ivany Soares

Na zona Norte de Osasco, duas importantes obras de canalização retomadas pelo prefeito Rogério Lins, reduzirão os riscos de enchentes no Rochdale e bairros vizinhos, proporcionando mais qualidade de vida e tranquilidade para milhares de pessoas. Entre elas está a primeira etapa de canalização do Ribeirão Vermelho, que foi entregue recentemente pelo prefeito Rogério Lins e governador Geraldo Alckmin. O trecho com 1,2 mil metros está localizado entre a ponte da avenida Luiz Rink e a ponte da avenida

Exibindo PG__8798.jpg

Presidente Médici. Na ocasião, o governador assinou a autorização para o início da segunda etapa com mais 2,6 mil metros de canalização, na divisa de São Paulo com Osasco, no trecho entre a ponte da avenida Presidente Médici e a rodovia Anhanguera. As obras devem ser concluídas no segundo semestre.

Com a canalização, a capacidade de vazão do Ribeirão Vermelho será elevada de 60 para 125 metros cúbicos por segundo, reduzindo o risco de inundações. Outra ação extremamente importante foi a retomada da canalização do Braço Morto do Rio Tietê. A obra compreende uma extensão de 2.420 metros e também contribuirá para conter as enchentes na região. O projeto é amplo e inclui a abertura de duas vias paralelas à margem do rio que farão a ligação entre as avenidas Presidente Médici e Presidente Kennedy, construção de áreas de lazer e entrega de equipamentos públicos como um centro comunitário e a UBS do Rochdale, também em construção. As obras do Braço Morto do Tietê e da UBS do Rochdale beneficiarão cerca de 11 mil famílias dos bairros Jardim Canaã, Aliança e Rochdale. As intervenções integram um amplo projeto de urbanização com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) do governo federal.

Exibindo PG__8791.jpg

Secretaria de Comunicação Social

Av. Bussocaba, nº 300 – Centro – CEP: 06023-901 – Osasco/SP

Telefone: (11) 3652-9456

E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br

Site: http://www.osasco.sp.gov.br

Conheça a trajetória do ex-prefeito de Osasco Celso Giglio

O ex-prefeito de Osasco e deputado estadual Celso Giglio (PSDB), de 76 anos, morreu na tarde desta terça-feira (11) no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo. Segundo sua assessoria de imprensa, ele estava havia quase dois meses internado. As causas da morte não foram informadas. Giglio foi prefeito de Osasco em duas oportunidades: entre 1993 e 1996 e de 2001 à 2004. É hoje um dos principais líderes municipalistas do Brasil. Em 1995, criou e coordenou o movimento “União pelo Município”, que obteve a adesão de 2.700 prefeituras de todo o país, na defesa dos interesses municipais durante o processo de discussão da reforma tributária. Em abril de 1998 e maio de 1999, liderou a “Marcha dos Prefeitos à Brasília”, movimento que reuniu mais de cinco mil dirigentes municipais.

Em 1997, assumiu a presidência da Associação Paulista de Municípios, à frente da qual realizou uma série de cursos, encontros, seminários e congressos para reflexão e reivindicação das bandeiras municipalistas e capacitação de gestores públicos. Em 1998, foi eleito deputado federal (o 5º mais votado de São Paulo e o 1º mais votado da coligação PTB-PSDB, com 190.047 votos), sendo a voz dos municipalistas no Congresso Nacional.

Em 2002, Celso Giglio foi eleito coordenador-geral do Fórum Metropolitano de Segurança Pública. A atuação da entidade, que congrega os 39 municípios da Grande São Paulo, vem contribuindo para tornar mais eficaz a prevenção à violência e a repressão à criminalidade.

Celso Giglio é um dos grandes nomes do PSDB, cujo diretório municipal ajudou a reestruturar e hoje preside, tendo assumido a condição de líder do partido na Região Oeste da Grande São Paulo.

Em 2004, Celso foi reeleito presidente da Associação Paulista de Municípios, gestão 2005/2008, afastando-se em 2006, para concorrer à Assembléia Legislativa de São Paulo.

Em 2005, Celso Giglio, a convite do governador Geraldo Alckmin assumiu a Superintendência do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – IAMSPE, vindo somar com os funcionários a experiência administrativa, de oito anos à frente da Prefeitura de Osasco, garantindo a melhoria de atendimento aos servidores e dependentes. Foi Presidente da Comissão Especial do Instituto que tratou das reformas e melhorias ao atendimento do funcionário público estadual e seus dependentes, além de ter investigado os problemas e sugerido medidas para superá-los.

Foi eleito Deputado Estadual pelo PSDB em 2006 com 111.302 votos.

É autor da lei que institui a proibição da venda de bebidas alcoólicas dentro das escolas estaduais.

Na gestão 2007/2010 acumulou as seguintes funções: líder da bancada do PSDB na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou a proliferação dos Cursos de Medicina, presidiu as comissões de Assuntos Metropolitanos e Redação e integrou ainda as comissões de Assuntos Municipais, Saúde e Higiene, Legislação Participativa e de Transportes. Nessa mesma gestão, levou para Osasco a segunda maior Fatec do Estado de São Paulo, beneficiando mais de 5 mil estudantes.

Foi reeleito deputado estadual para a gestão 2011/2014, nas eleições de outubro de 2010. Ao tomar posse em março, foi conduzido, por unanimidade, à primeira vice-presidência da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. É presidente da Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais, membro permanente da Comissão de Saúde e presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o Ensino Superior praticado pelas instituições particulares.

2014 – Reeleito deputado estadual, dando início ao seu quarto mandato parlamentar. É eleito presidente da Comissão de Saúde, área vital em termos de política pública.

2015 – Nesse período, passou pelas mãos de Celso Giglio os mais importantes projetos de lei discutidos na Assembleia Legislativa na área da Saúde. Mais do que analisar e debater projetos, Celso Giglio apresentou inúmeros projetos de lei, entre os quais estão: regulamentação e cadastro de drones, reformulação do processo de recall das montadoras de veículos e novo formato de exame pré-natal de forma a detectar uso de drogas em gestantes (com a finalidade de promover orientação às futuras mães).

2016 – Inaugurada em Osasco unidade do Instituto do Câncer de São Paulo, primeira fora da capital. Foi o resultado daquela busca iniciada por Celso Giglio em 2012. Neste ano, na Assembleia Legislativa, como presidente da Comissão de Saúde, Giglio encaminhou algumas dos mais importantes debates que envolvem questões diretamente ligadas à saúde Pública.

Celso Giglio abraçou, por exemplo, a luta dos médicos-residentes por melhor remuneração, e dos profissionais de todos os setores que pedem o fim dos cursos à distância para a formação de enfermeiros, entre outros tipos de trabalho direto com pacientes.

2017 – Eleito presidente da Comissão de Finanças, Planejamento e Orçamento.

Prefeitura realiza mutirão de limpeza no Munhoz Júnior

A Prefeitura de Osasco, por meio das secretarias de Serviços e Obras (SSO) e de Meio Ambiente (SEMA), realizou um mutirão de zeladoria e manutenção urbana, a operação “Osasco Renovada”, no bairro do Munhoz Junior, na zona Norte, no dia 30/6. O prefeito Rogério Lins acompanhou o trabalho das equipes e conversou com os moradores da região sobre as intervenções de melhorias no bairro. Na oportunidade, também registrou algumas demandas, como a revitalização da quadra da Praça José Bento da Silva, Morrinhos. Foram cinco dias de intenso trabalho e os trabalhos foram encerrados na quarta-feira, 5/7.

Dentre os serviços realizados pelas equipes de Serviços e Obras no mutirão estão: limpeza em bocas de lobo; retirada de 11 caminhões de entulhos, que totalizaram 110 toneladas de lixo; 12 km de capinação; 6 km de pintura de guias e postes; operação tapa-buraco em diversas vias, totalizando o uso de 20 toneladas de massa asfáltica e ainda manutenção na iluminação pública. A Secretaria de Meio Ambiente executou podas de árvores na avenida Piacatu e ruas Pardinho, Eurico da Cruz e Isaias Vieira da Silva.

Outra grande operação foi a sinalização viária feita pela equipe do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) em toda a extensão da Avenida Piacatu. Na altura do número 1.201 da mesma, onde fica uma rotatória, o departamento realizou o zebrado com aproximação entre o cruzamento com as ruas Reinaldo da Silva Barreto e João Antônio Mendes Carricondo. O local, segundo Lins, era ponto fixo de descarte irregular de entulho.

Por três vezes a equipe de Obras precisou fazer a retirada de lixo, sendo a última resultando em flagrante delito, apreensão de veículo e multa para o infrator, por isso foi preciso adotar uma medida mais radical no espaço para eliminar essa prática. A Prefeitura construiu uma floreira ao centro da via, como alternativa para sanar o problema.

Segundo a Lei Municipal nº 3.342/1997, é proibido o despejo de entulho, materiais ou lixo de qualquer natureza nos próprios e logradouros públicos no município. A multa pelo crime pode chegar ao valor de R$ 7 mil.

“A rotatória é um ponto simbólico para o nosso governo. Aqui era um ponto viciado e semanalmente tínhamos equipes fazendo a remoção de entulho. Nós limpávamos e, no dia seguinte, já tinha lixo. Então decidimos construir uma floreira para inibir essa prática criminosa e oferecer mais embelezamento ao local. É preciso que a população cuide do espaço público e ajude o governo neste combate”, destacou o prefeito. Os moradores da região parabenizaram a iniciativa da prefeitura, visto que o bairro não recebia melhorias há mais de seis meses.

Ao término da vistoria, o prefeito visitou os alunos da Creche Silvia Ferreira Farah, na rua Palestina, também no Munhoz Jr. Lins, sendo recepcionado pela diretora Michele Cristina Modesto e a supervisora de ensino, Daniela Miura.

MUNHOZ 2

Fonte: SECOM – OSASCO

Vereadora se recusa a ler trechos da Bíblia em sessão na Câmara de Araraquara (SP)

Resultado de imagem para Vereadora se recusa a ler trechos da Bíblia em sessão na Câmara de Araraquara (SP)

Uma vereadora de Araraquara, a quase 300 km da capital paulista, causou polêmica na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal ao se recusar a ler trechos da Bíblia antes do início das sessões.

O artigo 148 do regimento interno da Casa determina que o presidente deverá abrir a sessão sempre com a frase “sob a proteção de Deus, iniciamos os trabalhos” e, posteriormente, um vereador deverá prosseguir com leitura de um trecho do livro sagrado para os cristãos.

“O trecho a ser lido deverá ter aproximadamente seis versículos”, diz o parágrafo quarto do regimento. O documento ainda estabelece que seja feito um rodízio de vereadores para a leitura, obedecendo a ordem alfabética. A Câmara Municipal de Araraquara possui 18 vereadores.

Em discurso feito na sessão que abriu a nova legislatura, Thainara Farias (PT), 22, afirmou que mesmo sendo católica e frequentar a igreja ela não leria trechos da Bíblia no plenário da casa, em respeito ao princípio de laicidade do Estado brasileiro.

“Eu fiz a opção de não ler o trecho da Bíblia aqui neste plenário, sendo católica, batizada, e frequentadora da Igreja Católica”, Thainara Farias, vereadora pelo PT.

“O Brasil é um Estado laico, e um Estado laico significa que o país ou nação tem uma posição neutra no campo religioso”, disse Thainara, que foi eleita no ano passado para o seu primeiro mandato como vereadora, sendo a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na Câmara Municipal da Araraquara, no interior de São Paulo.

“Então, se não deveríamos permitir a interferência religiosa no Estado como parlamentares, deveríamos fazer nossas orações em particular, porque senão em vez de chamar o vereador aqui para ler um trecho da bíblia poderíamos chamar um vereador para vir aqui encarnar um caboclo e falar a palavra também de outras religiões”, concluiu.

Em entrevista, Thainara Farias contou que a fala feita na primeira sessão ordinária da Câmara gerou muita polêmica, inclusive nas redes sociais da vereadora. “Muita gente elogiou a minha postura, mas teve muita gente me chamando de herege, dizendo que era mentira que eu era católica, que frequentava a igreja”, contou.

Thainara contou que sua fala causou desconforto também dentro da Casa. “Os vereadores me olharam torto, fizeram cara feia, mas todos me respeitaram. O presidente chegou a dizer que eu poderia ter me recusado a ler e não ter falado nada sobre isso na tribuna”, disse.

O regimento interno diz que caso algum dos vereadores não pretenda fazer a leitura deve retirar o nome da “lista elaborada para esse fim”. “Mas eu achei importante expressar isso na tribuna para que as outras religiões se sintam acolhidas. Tem que haver a representação de outros segmentos porque aqui é a casa do povo”, afirmou.

A vereadora conta ainda que desde que se recusou a ler a Bíblia na Câmara, os demais vereadores –quatro deles reconhecidamente religiosos — tem enfatizado falas de cunho religioso. “Todos tentaram falar de Deus para me atacar”, acredita.

Ela contou ainda que está conversado com líderes religiosos para propor um projeto de lei sobre o tema. “Tem que conversar, conseguir adeptos, apoio, porque 17 dos 18 vereadores certamente votariam contra um projeto que propusesse retirar essa parte do regimento”, disse.

Novo Toyota Prius é lançado oficialmente no Salão do Automóvel 2016 ainda mais tecnológico

Em sua 4ª geração, o híbrido mais vendido do mundo chega ao país por R$ 119.950, pequeno aumento em relação a 3ª geração, que é vendida por R$ 117.610. O conjunto híbrido do novo Prius também foi atualizado. Chamado de Hybrid Synergy Drive, combina um motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de ciclo Atkinson que entrega 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque a 3.600 rpm e outro elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque. Priorizando o baixo consumo de combustível, a potência combinada é de 123 cv. Segundo a Toyota, este conjunto o permite acelerar de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

O grande destaque fica por conta da eficiência energética. Com o conjunto híbrido atualizado e mais leve além da melhora aerodinâmica, a Toyota conseguiu melhorar significativamente o consumo. Na cidade, os números aferidos pelo Inmetro indicam que o carro ficou 24% mais econômico do que o anterior, passando de 15,2 para 18,9 km/l de gasolina. Na estrada também houve avanço de 19%, passando dos 14,3 para 17,0 km/l nesta nova geração. Essa marca coloca o novo Prius como o carro mais eficiente do País, segundo o próprio Inmetro. Confira mais abaixo vídeo exclusivo do carro mais barato do Brasil!